quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Tutorial: Instalação do Moodle 1.9.2 no Linux Ubuntu

Para instalar o Moodle no Ubuntu há diferentes caminhos. Muitos usuários preferem instalar o Apache2, o MySQL-server e o Moodle esolhendo estes pacotes no Gerenciador de Pacotes Synaptic do Ubuntu. No entanto, abaixo é explicada uma outra maneira igualmente fácil. Usuários do Linux um tanto inexperientes vão apreciar.

Bom proveito!
Felipe



T U T O R I A L
Instalação do Moodle 1.9.2 no GNU/Linux Ubuntu 8.04 com o XAMPP (LAMPP) for Linux 1.6.7



Neste método, antes de tudo, é preciso baixar os pacotes do XAMPP e do Moodle – normalmente via Web. O XAMPP para Linux é encontrado aqui:
http://www.apachefriends.org. O pacote do Moodle que deve ser baixado é o pacote padrão (Standard Moodle Distribution), no próprio site moodle.org (não baixe o pacote para Windows nem para Mac).

Certifique-se que o seu Ubuntu não tem instalado o apache2 e o mysql-server (podemos confirmar digitando estas palavras na busca insterna do Synaptic).

Se estiverem, fica aqui sugerido desativar estes pacotes, pois o XAMPP cumprirá o papel deles.
Na última instalação que fiz do Moodle no Ubuntu hoje usei os pacotes denominados
xampp-linux-1.6.7.tar.gz e moodle-1.9.2.zip. Embora sejam arquivos compactados, não use no Ubuntu ferramentas para descompactação do tipo Winrar. O melhor é descompactar via comandos no terminal.

Para instalar o XAMPP, siga os comandos explicados no site da Apache Friends:
http://www.apachefriends.org/en/xampp-linux.html#377

Assim será criada a pasta
/opt/lampp.
Depois de instalado, digite no terminal:
sudo /opt/lampp/lampp start
Para iniciar o MySQL, digite:
sudo /opt/lampp/lampp startmysql
Assim, quando digitar
http://localhost/ no seu navegador, aparecerá a tela WELCOME TO XAMPP FOR LINUX 1.6.7. No item status, deve aparecer a seguinte situação:

MySQL database - ACTIVATED
PHP - ACTIVATED
Perl - ACTIVATED
Common Gateway Interface (CGI) - ACTIVATED
Server Side Includes (SSI) - ACTIVATED

Pronto, o servidor já está inicialmente configurado. Instalemos agora o Moodle.
O conteúdo do arquivo moodle-1.9.2.zip pode inicialmente ser extraído para a área de trabalho do seu Ubuntu. Depois dê o seguinte comando no terminal:
sudo mv moodle /opt/lampp/htdocs/. A pasta com todo o Moodle –e seus componentes– será movida para o local apropriado, a pasta htdocs do servidor que abriga os web sites que você administra.

Antes de configurarmos o Moodle, precisamos criar e configurar rapidamente, por meio do phpMyAdmin (
http://localhost/phpmyadmin/), o banco de dados para o Moodle usar depois. Na página principal do phpMyAdmin vá em “criar novo banco de dados” (com opção “Collation”). Crie um banco chamado, por exemplo, “moodle20082”.

Na configuração “Privilégios ” do phpMyAdmin criemos um novo usuário chamado também de “moodle20082” (use “moodle20082” também omo senha), que deve utilizar o servidor “localhost”. Este usuário deve receber TODOS os privilégios no item “privilégios globais”.

Para iniciar a configuração do Moodle, navegue para
http://localhost/moodle.
Ao ser solicitado um endereço web para o Moodle, informe
http://localhost/moodle.
Para o banco de dados, informe o local
/opt/lampp/var/mysql/moodle.


A tela seguinte, deve ser configurada assim a base da dados:
Tipo: MySQL (mysql)
Servidor hospedeiro: localhost
Base de dados: moodle20082
Usuário: moodle20082
Senha: moodle20082
Prefixo da tabelas: (deixar o padrão) mdl_

Na tela seguinte, aceitemos baixar o pacote de idioma.
Depois de instalaldo o Moodle, para ativarmos as funcionalidades em AJAX, devemos cuidar os seguintes procedimentos:

Você deve estar configurado como administrador do Moodle. Cofigure isto no seu “Perfil”, na aba “Funções” - > Administrador. Faça com que seu nome esteja inserido na lista de administradores.

Como administrador, na tela de entrada do Moodle, vá no menu

“Administração do site” -> Aparência -> Ajax e Javascript. Marque “Habilitar AJAXclass” (enableajax) e desmarque “Disable AJAX course editing” (disablecourseajax).

Agora voê pode arrastar e soltar os blocos do Moodle, igualzinho ao que é possível no MeuYahoo!, pois o Moodle utiliza as bibliotecas desenvolvidas pela equipe do Yahoo!

:-)

1 comentários:

Pietro disse...

Achei teu blog, colega!
Está em Caxias agora?

Instalei o Moodle localmente no meu Leopard para testá-lo visto que tenho um projeto com amigos, dentro da área de EAD. Gostaria de conversar sobre isso contigo mais tarde!

Abraço!

Postar um comentário